Peugeot ultrapassa Renault e é líder do mercado automóvel nacional em 2021

Peugeot ultrapassa Renault e é líder do mercado automóvel nacional em 2021

A Peugeot foi a marca de automóveis mais vendida em Portugal em 2021, inclusive no mercado de veículos elétricos, alcançando uma quota de mercado de 13,1%, com um total de 22.891 unidades vendidas.

A Peugeot tornou-se a marca de novos automóveis mais vendida em Portugal em 2021, depois de duas décadas de liderança da Renault. Segundo os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), a fabricante francesa registou um total de 22.891 unidades de veículos ligeiros vendidas, que correspondem a uma quota de mercado de 13,1%, um crescimento em volume de 6,5% face a 2020.

Também no mercado dos veículos de passageiros a Peugeot foi a marca mais vendida, com um acumulado de 17.595 unidades vendidas e uma quota de mercado de 12,0%, contra 10,9% registada em 2020, representando uma subida das vendas em 11%.

Acresce ainda que a fabricante do grupo Stellantis foi considerada a “marca automóvel N.º 1 Escolha do Consumidor” pelo nono ano consecutivo, de acordo com a análise levada a cabo pela ConsumerChoice – Centro de Avaliação da Satisfação do Consumidor, o que vem evidenciar os resultados alcançados pela empresa no último ano.

Já a Renault, que liderou o mercado automóvel nacional nos últimos 23 anos, fechou 2021 com mais 2.127 veículos ligeiros vendidos, mas, na soma dos 12 meses, desceu para o segundo lugar, apresentando um total de 20.776 unidades vendidas, menos 8,5% em comparação com 2020. A quebra foi maior tendo em conta apenas o registo de matrículas de automóveis ligeiros de passageiros: um total de 15.439 unidades vendidas, um decréscimo de 17,1% face ao primeiro ano de pandemia.

Observando os dados da ACAP, destacam-se ainda a Toyota e a Hyundai, que registaram uma subida do volume de vendas de veículos ligeiros de, respetivamente, 30,6% e 49,0%. Em 2021, a fabricante japonesa surge no quinto lugar do top de vendas nacional, após vender 10.364 unidades, enquanto a congénere sul-coreana registou 7.610 novas matrículas no mercado português, aparecendo no sétimo lugar da tabela.

Pelo contrário, ainda que mantenha o terceiro lugar, a alemã Mercedes-Benz teve quebras de 15,5% face a 2020, tendo vendido 12.577 veículos de passageiros ao longo de 2021. A Fiat caiu 22,9%, depois de um ano com 7.438 unidades vendidas.

Peugeot também lidera nas vendas de veículos elétricos

Quanto ao mercado dos veículos elétricos, a Peugeot também é líder. Em 2021, a marca francesa vendeu 1.545 automóveis elétricos, um crescimento de 103,0% face a 2020, indica ainda a ACAP. Só em dezembro, a fabricante da Stellantis registou 194 novos veículos deste tipo (mais 252,7% em comparação com dezembro de 2020).

Em segundo lugar, surge a Tesla, que vendeu um acumulado de 1.508 unidades no ano passado, uma melhoria de 6,7% em relação a 2020. Porém, os dados de dezembro registam uma quebra de 40,6% para a fabricante liderada por Elon Musk quando comparado com o mesmo mês de 2020, com apenas 161 veículos elétricos vendidos.

Com 1.182 unidades vendidas, menos 5,0% face a 2020, a Renault aparece no terceiro lugar da tabela. Contudo, a congénere francesa foi a marca que mais veículos elétricos vendeu no último mês do ano – um total de 280 -, registando um crescimento de 70,7% face a dezembro de 2020.

Fonte: Sapo

Deixe uma resposta